conecte-se conosco


Política

Associação de combate ao câncer firma parceria com a Sala da Mulher

Publicado

As voluntárias da Acolhe Letícia Carvalho (à esquerda) e Telma Carvalho (à direita) e a diretora da Sala da Mulher, Daniella Paula, ao centro.

Foto: LUIZ GERALDO MARCHETTI

A luta contra o câncer já é um grande desafio para qualquer paciente oncológico, maior ainda para os de baixa renda, já que há alimentação específica e o custo é alto. Neste mês de fevereiro, a Associação de Amigos no Combate ao Câncer de Cuiabá (Acolhe), que busca formas de garantir os suplementos necessários a quem precisa, firmou parceria com a Sala da Mulher, braço social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

A Acolhe, entidade filantrópica sem fins lucrativos, busca parcerias para levantar recursos financeiros para aquisição de suplementos alimentares ou para receber a doação dos produtos necessários. A representante da Acolhe, Telma Cavalcante Leite, explicou que o custo varia da condição de alimentação dos pacientes: aos que ingerem via oral, a suplementação é cerca de R$ 400; para alimentação exclusivamente por sonda, varia entre R$ 800 e R$ 900.

Leia mais:   Deputado defende criação da Polícia Penal

“Esta alimentação não é para melhor qualidade de vida, é para garantir a vida deles. Sem esses alimentos, não há como continuar o tratamento”, explica Telma, exemplificando os casos de pacientes de nutrição exclusiva por sonda.

A entidade, desde sua fundação em 2008, já atendeu mais de 800 pacientes. Hoje, mantém três beneficiados – com recursos também das voluntárias envolvidas – e busca outros doadores.

A Sala da Mulher se comprometeu a buscar outras parcerias para repasse de produtos para a Acolhe e prevê a organização de um bazar (de roupas, calçados e acessórios), cuja arrecadação será revertida para a associação.

“Vamos levantar o que é possível para dar suporte a este importante projeto. Mas nós somos apenas o instrumento. Quem doa são as pessoas, as instituições. Espero que se sensibilizem com a causa e participem”, convida a diretora da Sala da Mulher, Daniella Paula Oliveira.

A representante da associação, Telma Carvalho, tem a listagem dos suplementos alimentares necessários. Quem se interessar em ajudar pode falar diretamente com ela pelo telefone (65) 9 8126-6679.

Comentários Facebook

Política

Diário Oficial divulga suspensão do cronograma de votação do projeto cota zero

Publicado

Foto: ELIEL TENORIO PEREIRA

Na manhã de hoje (14) foi publicado em diário oficial a suspensão do cronograma de votação do  Projeto de Lei 668/2019, de autoria do governo do estado, denominado Cota Zero. Ele  trata da proibição do abate e transporte de peixe nos rios de Mato Grosso pelo período de cinco anos. Não há uma previsão de quando o projeto deverá ser votado. 

Desde o início do ano, o deputado estadual Elizeu Nascimento (DC), que é contrário à aprovação do projeto, presidiu diversas audiências na capital e também nos municípios do interior de Mato Grosso, para ouvir a opinião da população a respeito do tema. Durante essas reuniões a população avaliou que,  entre outras coisas, o projeto deverá aumentar o desemprego, principalmente, da população mais carente do Estado.

"Os governantes não podem aprovar leis sem antes ouvir a população. Esse é o projeto do desemprego e consequentemente da fome e da miséria. Eu, que sou de origem humilde, sei muito bem como é triste e até humilhante não ter como sustentar a própria família. Por isso sou solidário a esses homens e mulheres que têm na pesca sua única alternativa de levar o sustento para seus familiares", disse o deputado Elizeu Nascimento, durante uma das audiências.

Leia mais:   Direito à RGA é julgado hoje pelo TJMT

Na ALMT , o parlementar  apresentou,  um substitutivo integral ao Projeto. O texto do substitutivo define que 100% da arrecadação oriunda das multas geradas pela pesca irregular sejam destinados às seguintes áreas: 30% ao Batalhão da Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA), para a aquisição de equipamentos que contribuam com a intensificação e ampliação da fiscalização e o combate à pesca predatória nos rios, bacias e mananciais; outros  35% para a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) a ser direcionados ao investimento em capacitação do funcionalismo,  compra de equipamentos que contribuam com a intensificação e ampliação da fiscalização, combate à pesca predatória nos rios, bacias e mananciais, e, também,  para a criação de programas de conscientização da preservação. Os outros 35%  restantes deverão ser aplicados  na aquisição de alevinos, para o repovoamento dos rios, bacias e mananciais e ainda para a implantação de um programa de despoluição e recuperação das matas ciliares. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Deputado João Batista faz visitas na região Oeste de Mato Grosso

Publicado

Foto: BRUNO BARRETO

Realizando uma bateria de visitas nos municípios localizados ao Oeste do Estado, o deputado estadual João Batista (Pros), nos dias 11 e 12 de novembro, percorreu mais de mil quilômetros e esteve presente em quase 10 cidades. A ação, como explica João Batista, é um tipo de prestação de contas das suas ações no parlamento perante a população.

 “Acredito que as ações do deputado estadual não podem ser limitadas as dimensões do seu gabinete. Como agente penitenciário e presidente do Sindspen (Sindicato dos Servidores Penitenciários de MT), estou acostumado com a estrada, sempre fui presente em nossas unidades penitenciárias, mantendo contato direto com os nossos servidores. Hoje, parlamentar da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), continuo fazendo questão do contato direto, de colocar o pé na estrada e solucionar, ou buscar os problemas in loco”, disse João Batista.

Começando sua peregrinação pelo município de Cáceres, o deputado esteve reunido com a vice-reitora da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Nilce Maria da Silva. Durante o encontro, foram discutidos incentivos voltados para o setor acadêmico e expansão do campus. 

Leia mais:   Avalone quer envolver mais deputados em discussão sobre o uso de agrotóxicos

“Hoje estamos em várias cidades de Mato Grosso, mas ainda podemos alcançar outros municípios. Fico feliz em ver o empenho do deputado em incentivar a educação superior no parlamento”, afirmou a vice-reitora.

Foto: BRUNO BARRETO

O deputado também visitou as unidades prisionais dos municípios de Pontes e Lacerda, Vila Bela da Santíssima Trindade, Mirassol D’Oeste e São José dos Quatro Marcos. João Batista também esteve nas cidades de Cáceres, Comodoro, Jauru, Figueirópolis D'Oeste e o distrito de Vila Cardoso, pertencente ao município de Porto Esperidião.

“Foi uma verdadeira bateria de visitas nestes dois dias, uma agenda muito intensa, mas muito prazerosa. Cada cidade tem a sua particularidade, seu ponto positivo e sua deficiência. É uma verdadeira troca de experiências”, finalizou João Batista.

Foto: BRUNO BARRETO

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana