conecte-se conosco


Destaque

Asfalto comunitário já é realidade em Cáceres

Publicado

O Programa de Asfalto Comunitário (PASCOM), com a participação da comunidade já é uma realidade em Cáceres. A pavimentação de algumas ruas do bairro Santa Efigênia já foi entregue e já estão na lista (8), ruas para começar o processo de pavimentação.

Para que o asfalto aconteça é necessário que os moradores da rua se reúnam entre si e que tenha setenta por cento de adesão ao PASCOM. Depois é marcado uma reunião na Secretária de Planejamento, localizada na Prefeitura, onde a equipe se desloca até o local e apresenta o Programa de Asfalto Participativo, de acordo com as orientações dos profissionais de engenharia da Secretaria de Infra Estrutura e Logística que fazem uma planilha de custo

O prefeito de Cáceres, Francis Maris Cruz, explicou que o dinheiro que os moradores contribuírem será para o pagar somente o insumo asfáltico e a prefeitura oferecerá a mão de obra, o trabalho de engenharia, topografia e maquinários para a execução dos serviços. “Nós compramos todos os equipamentos necessários para que o nosso asfalto tenha um custo de 40% a menos do que o de uma empreiteira”, finalizou Francis.

Leia mais:   AL cobra do Executivo dados de emendas parlamentares

O morador da rua Martins Wilhans, Leudson Galdino, disse que apoia essa parceria e agradece a Prefeitura por ter a oportunidade de ver a sua rua asfaltada. “Eu sei que a cidade tem uma baixa arrecadação e que se formos esperar recursos federais talvez nunca tenhamos o asfalto e com essa parceria com a Prefeitura o sonho pode tornar se realidade”, afirmou o morador.

A secretária de Planejamento, Nelci Eliete Longhi, contou que o programa de asfalto participativo é gerido pelo Fundo de Desenvolvimento do Município, que ele é quem gerencia o financeiro e que é deliberativo. “O valor que os munícipes depositam entram em uma conta no banco com o nome da rua. Quem faz o pagamento dos insumos é o Fundo. E a Prefeitura está fechando uma negociação com o banco para que o morador possa financiar esse valor e pagar em longas e suaves prestações”, finalizou Nelci.

Da Assessoria

Comentários Facebook

Destaque

Ministério do Turismo aprova projeto e empenha R$ 17 milhões para construção da orla do Rio Paraguai

Publicado

Um dos mais importantes projetos turísticos de Cáceres, a Revitalização e Urbanismo da Orla do rio Paraguai será executado nos próximos meses. O Ministério do Turismo o aprovou na semana passada e, consequentemente, empenhou R$ 17 milhões para execução das obras. Caberá ao município a contrapartida de R$ 4,5 milhões. O projeto arquitetônico prevê a requalificação de 1.240 metros da orla do Rio Paraguai, na área central da cidade, desde a sede da Sematur até a praça Vilas Boas. O projeto foi elaborado em 2016.

De acordo com o prefeito Francis Maris Cruz e o secretário de Meio Ambiente e Turismo, Junior Cesar Trindade todas as licenças ambientais necessárias como da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Agência Nacional de Água (Ana), Marinha e Conselho Nacional do Meio Ambiente (Consema) já foram concluídas e anexadas ao processo que será reavaliado pela equipe técnica do Ministério do Turismo, para a liberação dos recursos.

A proposta, conforme o prefeito e o secretário será realizar a licitação para contratação de empresa, ainda neste ano, para que a execução do projeto seja no início de 2020. Ao todo serão 78.827,15 metros quadrados de área construída. A reurbanização da orla prevê a construção de Gazebo para prática de atividades físicas, playground e contemplação; construção de muro de arrimo com rampas e escadas ao longo de toda orla; 242 metros de deque flutuante para atracamento de embarcações.

Leia mais:   Deputado vê falta de políticas públicas para combate ao desmatamento

Conta ainda a construção de quiosques – sendo três para lanchonetes e um para o Centro de Atendimento ao Turista (CAT). E, também a revitalização total da Praça Vilas Boa, com construção de quadra de areia, quiosque e uma pequena fonte luminosa. Ao longo de toda orça será construída uma ciclo faixa, para possibilitar a trafegabilidade no trecho urbanizado.

A construção da orla do Rio Paraguai é uma promessa de campanha do prefeito Francis Maris, feita há 7 anos. Ele, inclusive, teria condicionado o lançamento de sua candidatura – feita a convite do então, governador Silval Barbosa – a execução desse projeto.  Na primeira gestão, segundo ele, não foi possível por falta de recursos. E, agora, finalmente, será construída. Ele acredita que a promessa será cumprida antes do término do seu segundo mandato, em dezembro de 2020.

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Ladrões são presos ao invadir casa e manter família refém em Cáceres

Publicado

Todos foram encaminhados para a Centro Integrado de Segurança e Cidadania –CISC e autuados por sequestro, formação de quadrilha, ameaça, tentativa de roubo e cárcere privado.

Quatro ladrões foram presos em flagrante após invadirem uma residência e manter a família refém por pelo menos uma hora no bairro Cristo Rei, em Cáceres.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, o caso foi registrado no início da manhã deste sábado (14), quando a vítima estava na varanda da casa da sua genitora quando repentinamente adentrou na residência três indivíduos anunciando o assalto, todos que estavam na residência foram colocados todos dentro de um cômodo da casa, e uma das vítimas foi amarrada dentro do banheiro.

Os criminosos reviraram a casa em busca de pertences, e de dinheiro das vítimas, foram levados do local um par de aliança, um aparador, dois anéis de ouro, um aparelho celular Iphone de cor rosa, e uma quantia em dinheiro das vítimas.

Os policiais militares no encalço dos suspeitos encontraram dois mototaxistas que levavam dois passageiros com as mesmas características dos suspeitos, ambos foram parados e foi confirmando com sendo os responsáveis pelo assalto a residência no bairro Cristo Rei. Na posse de um dos suspeitos foi encontrado a arma do assalto. Foram presos I. A. S. C. (22 anos) J. H. C. C. M. (19 anos) ambos da cidade de Várzea Grande.

Leia mais:   Secretário Especial de Agricultura confirma presença em conferência sediada pela AL nesta 6ª

Os suspeitos disseram aos policiais que mais dois comparsas estariam em uma residência no bairro Morada do Sol, local onde seria o ponto de apoio da quadrilha. No local foram presos, A. C. L. (21 anos) da cidade de Alto Paraguai e M. A. L. (18 anos) da cidade de Rosário Oeste. Os suspeitos em questão teriam efetuado o roubo de veículo na cidade de Alto Paraguai e entregue a cidadão de nacionalidade boliviana, que acabou preso pelo Gefron na fronteira com o veículo Ford Fiesta.

O dono do veículo Ford Fiesta contou aos policias do Gefron que sua família foi mantida em cárcere privado, e ele teve que vir dirigindo para os dois criminosos até a cidade de Cuiabá, quando foi liberado.

Todos foram encaminhados para a Centro Integrado de Segurança e Cidadania –CISC e autuados por sequestro, formação de quadrilha, ameaça, tentativa de roubo e cárcere privado.

Apesar das ameaças, nenhuma das vítimas ficou ferida. O caso será apurado pela Polícia Judiciária Civil.

Leia mais:   “Fraudes no setor de combustíveis trazem prejuízos para o Estado e consumidor”, afirma Claudinei

Por: Joner Campos

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana