conecte-se conosco


Estadual

Área de serviços essenciais segue líder de reclamações no Procon-MT

Publicado

O setor de “Energia Elétrica” foi o mais reclamado, com 455 atendimentos

O Procon do Estado de Mato Grosso registrou em fevereiro deste ano 2.510 reclamações, sendo 1.549 via Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) e outras 994 pelo atendimento on-line – www.consumidor.gov.br. O primeiro lugar do ranking segue com a área de “Serviços Essenciais”, com 920 reclamações.

Nessa área, o setor de “Energia Elétrica” é o mais reclamado, com 455 atendimentos. Em seguida aparecem “Água e Esgoto”, com 231 registros, e “Telefonia Celular”, com 145 reclamações.

O segundo lugar do ranking é ocupado pelo setor de “Assuntos Financeiros”, com 241 reclamações. As três categorias mais reclamadas são: “Banco comercial”, com 72 procedimentos; 54 para “Cartão de crédito” e 23 para “Cartão de Loja” .

Já a área de “Serviços Privados” ocupa o terceiro lugar, com 186 atendimentos: 34 para “TV por assinatura (cabo, satélite, etc)”, 33 para “Estabelecimento comercial (supermercado, loja, etc)” e 30 para “Escola (pré, 1º, 2° graus e superior)”.

Ocupando a quarta posição, a área de “produtos” atingiu 164 reclamações, estando a categoria “combustível automotivo” com 23 atendimentos no total. Em seguida aparecem “telefone (convencional, celular, interfone etc)”, com 14 procedimentos, e “Material de Escritório / Escola (Arquivo, Borracha, Clipes, Grampeador, Sulfite, Caderno, Caneta, Apontador, Etc.)”, com 11.

Leia mais:   Estudantes da Escola Técnica de Lucas do Rio Verde participam de feira de agronegócio

“Saúde” ficou na quinta posição do ranking de reclamações com 21 procedimentos, sendo o primeiro assunto o de “Plano de saúde regulamentado”, que teve 11 registros, e o “Convênio de assistência médica/odontológica” com um registro.

Na sexta posição está a área de “Habitação” com 14 procedimentos, sendo os mais reclamados: “Incorporação” com 11 reclamações; “Loteamento” com duas reclamações, e uma para “Condomínio”.

A área de “Alimentos” aparece com o menor montante de reclamações, na sétima posição: dois procedimentos em “doces prontos” e um para “refrigerante”.

Postos de atendimento do Procon-MT

Procon sede – Rua Baltazar Navarros, nº 567, Bairro Bandeirantes, Cuiabá, das 08h às 18h (a partir do dia 15 de março)

Ganha Tempo da Praça Ipiranga – Trav. Bento Lobo, Centro – das 08h às 18h;

Ganha Tempo CPA – Rua Alenquer, CPA I – 08h às 18h;

Procon da Assembleia Legislativa (AL/MT) – Centro Político Administrativo – 07h às 18h;

Ganha Tempo Várzea Grande Shopping – Av. Filinto Muller, Centro Sul – 10h às 19h.

Leia mais:   Cadela da PM encontra 23 quilos de droga dentro de veículo em Conquista D´Oeste

Para registro de reclamação pela internet

Acesse a plataforma www.consumidor.gov.br. Por este canal o consumidor pode registrar sua reclamação sem a necessidade de ir ao Procon, basta ter um e-mail válido. O prazo para resolução é de até dez dias corridos. Caso o problema persista, é recomendado que procure o Procon mais próximo ou Poder Judiciário para atendimento presencial.

Assessoria | Procon-MT

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Homem é preso em Cáceres por receptação de carro roubado

Publicado

Veículo tinha queixa de roubo em Cuiabá e seria entregue em Cáceres – Foto por: PMMT

Em seu depoimento, o homem disse que receberia pela receptação e havia pego o carro em Várzea Grande para deixar em Cáceres.

Policiais do 6º BPM de Cáceres (a 225 quilômetros de Cuiabá) realizaram, na madrugada desta quinta-feira (21), a prisão de V.L.C., (19), que dirigia um Ford Strada, com queixa de roubo em Cuiabá.

Em seu depoimento, o homem disse que receberia pela receptação e havia pego o carro em Várzea Grande para deixar em Cáceres. Em vistoria, foram encontradas seis munições de calibre 38 e porções de maconha.

O suspeito estava acompanhado de um menor de 14 anos, mas nada foi encontrado com ele. Mas causou suspeita nos policiais que os dois estavam cada um com duas mudas de roupa cada e não souberam explicar o motivo.

As buscas começaram depois que policiais realizavam ronda e observaram atitude suspeita devido a manobras bruscas e em alta velocidade. Na fuga, por pouco dois motociclistas não foram atropelados. Os policiais realizaram disparos no pneu do veículo que forçou a parada.

Leia mais:   Adolescente leva simulacro para escola e PM é acionada

Maricelle Lima Vieira | PMMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Bebê de 9 meses tem suspeita de sarampo e SES investiga

Publicado

Secretaria de Estado de Saúde (Ses) investiga um caso suspeito de sarampo em um bebê de 9 meses, morador de Tangará da Serra (239 km a médio-norte de Cuiabá). De acordo com o setor de Vigilância Edipemiológica, a notificação ocorreu na última sexta-feira (15) e medidas necessárias são realizadas conforme protocolo do Ministério da Saúde. Resultados dos exames são aguardados para a confirmação da suspeita.

Leia também – Cúmplice de assassinato de empresário é solta pelo STJ

 

Doença infecciosa aguda, viral, transmissível e extremamente contagiosa, o sarampo voltou a circular no Brasil desde o ano passado. Em Mato Grosso houve dois registros do caso após 19 anos de erradicação. A pasta, no entanto enfatiza que além deste caso em Tangará, não houve qualquer outra notificação relativa ao sarampo até o momento.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Tangará da Serra, Juliana Herrero, afirmou que o material da criança foi recolhido para os exames e ações como a visita da equipe de saúde na residência do paciente para investigação do caso suspeito e possibilidade de outros casos suspeitos, além da coleta de material biológico também foram coletados para realização do exame laboratorial para a conclusão do diagnóstico, segundo informações do site Diário da Serra.

Leia mais:   Crianças participam de dia educativo sobre as regras de trânsito

“Agora temos que fazer um alerta para a nossa população, pois teremos que fazer vacina de bloqueio, principalmente na região da Vila Horizonte (onde reside a criança). Pessoas que não tenham comprovação vacinal contra o Sarampo ou pessoas que não tenham a vacina, que tem o cartão, mas nunca foram imunizados, vão precisar procurar a Unidade de Saúde da Família mais próxima para fazer essa vacina”, alerta, conforme o veículo de comunicação.

A vacina contra o Sarampo (tríplice viral, tetra viral, dupla viral, MMR), está disponível diariamente em todas as unidades de Saúde de Tangará da Serra. O período de incubação do vítima é de até 21 dias.”A gente não descarta a possibilidade de [a criança] ter adquirido a doença em Cuiabá e ter vindo para cá”, completa, ao explicar que a família do bebê esteve na capital do Estado em fevereiro e somente depois de retornar a Tangará que os primeiros sintomas foram manifestados.

A doença apresentem sintomas como febre, dor de garganta, manchas pelo corpo e coriza. Pode ser transmitida de pessoa a pessoa, por tosse, espirros, fala ou respiração, além de secreções através do ar em locais fechados. A SES orienta que a população deve buscar a atualização do cartão vacinal.

Leia mais:   Policiais militares fazem curso de prevenção ao estresse, suicídio e outras doenças

GD

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana