Após coma, pugilista agradece fãs por recuperação: “Luta mais dura da vida”

305
Nick Blackwell faz reabilitação após sofrer hemorragia no crânio em disputa de cinturão

Em processo de reabilitação após passar uma semana em coma ao sofrer hemorragia durante a disputa de cinturão na Inglaterra, Nick Blackwell mandou um recado para os fãs nesta terça-feira. Em mensagem publicada no Facebook de seu irmão, Daniel, o ex-campeão dos pesos-médios agradeceu o apoio do público e comentou sobre a dificuldade de sua recuperação.

– Gostaria de dizer um grande obrigado a todos que estão me apoiando, todos os amigos e família, os que me desejaram o bem e que levantaram dinheiro para mim. Sinto-me realmente abençoado por esse amor. Eu não poderia fazer isso sem vocês. Está sendo a luta mais dura da minha vida, e vocês a tornam um pouco mais fácil. Estou na reabilitação agora, progredindo e melhorando a cada dia – diz a mensagem.

O duelo pelo cinturão foi contra Chris Eubank Jr, na arena de Wembley, no dia 26 de março. A luta foi interrompida após o médico do ringue afirmar que Blackwell não tinha mais condições de combater. O britânico, de 25 anos, recebeu atendimento ainda no local e foi transferido para um hospital. Constatado o sangramento no crânio, ele entrou em coma induzido.

Nick foi sedado por sete dias e, aos poucos, teve a quantidade de medicamento reduzidas para poder acordar. O atleta reconheceu vozes e começou a falar no dia 3 de abril. Três dias depois, o pugilista divulgou aos fãs uma foto, ainda no hospital, fazendo sinal de positivo. A família, no entanto, não revelou a previsão de alta do atleta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here