conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Análise: com Lucas Lima e Gabigol cobiçados, coadjuvantes se destacam

Publicado

 

O Santos venceu a Ponte Preta por 3 a 1 na noite deste sábado e garantiu mais uma rodada no G-4 do Brasileirão.
Lucas Lima, observado por um diretor do Barcelona na Vila Belmiro, e Gabriel, com discurso em tom de despedida, foram os nomes do jogo mais por conta desse assédio europeu do que pelo que fizeram em campo. Não que tenham jogado mal. O fato é que, com liberdade, os coadjuvantes têm mostrado bom futebol, e o Santos cada vez mais se mostra como um time confiável, que não vive dos lampejos de seus craques.

Fica a dúvida sobre como será o rendimento da equipe com os desfalques do trio olímpico (Zeca, Thiago Maia e Gabriel) e com as possíveis saídas de Lucas Lima e do próprio Gabigol. O técnico Dorival Júnior desabafou depois do jogo:

? Impossível repor.

Essa, porém, é a realidade do futebol brasileiro, e cabe ao treinador tentar se virar com o que tem. Se ele conseguir manter o bom rendimento da equipe mesmo com tantos desfalques, o Santos tem tudo para brigar na parte de cima da tabela até o fim do Brasileiro.

O rendimento de jogadores como Vitor Bueno e dos experientes Renato e Victor Ferraz dá algum alento ao torcedor, que já olha para o banco com alguma esperança. O colombiano Jonathan Copete, por exemplo, nem precisou entrar em campo neste sábado, e o argentino Emiliano Vecchio, estreante da noite, mostrou ter alguma qualidade, nos 16 minutos em que esteve em campo. E ainda tem Yuri, Rodrigão…jogadores que poderiam ser titulares em vários times do Brasil. E mais Ricardo Oliveira, que voltou a jogar depois de dois meses parado, por conta de lesão.

O JOGO

O Santos começou como dono absoluto da partida. Nos primeiros 20 minutos, teve 80% da posse de bola. O primeiro gol saiu aos 21, com Victor Ferraz pegando rebote de falta cobrada por Vitor Bueno na trave ? dois dos melhores coadjuvantes do Peixe, aliás.

 

Todo torcedor santista com alguma experiência de Vila Belmiro sabe que, após um gol assim tão cedo, ou o jogo vira um passeio santista ou o time inexplicavelmente recua, dando espaço para o adversário. Para desespero dos fãs, o que aconteceu foi a segunda opção.

A Ponte equilibrou a partida e começou a criar chances. Terminou até com mais finalizações (18 contra 11). Mas acabou dando o contra-ataque ao Santos. E não há time no Brasil que seja melhor nos contragolpes do que o Peixe.

 

Gabriel perdeu uma chance inacreditável aos 8 minutos do segundo tempo (veja no vídeo acima). Chegou a ser vaiado, por excesso de preciosismo. Recuperou-se dois minutos depois, iniciando a jogada que passou por Ricardo Oliveira e terminou no gol de Vitor Bueno (veja abaixo).

 

A redenção definitiva de Gabriel veio aos 26, completando jogada iniciada por Thiago Maia, outro coadjuvante que foi um dos melhores em campo. Na comemoração, Gabigol se ajoelhou no gramado e beijou o escudo do Santos.

 

Roger ainda descontou para a Ponte Preta no fim, no único vacilo de Gustavo Henrique em toda a partida. Esse gol, porém, só serviu para tirar ponto dos cartoleiros que apostaram alto na defesa santista, uma das menos vazadas do Brasileirão. A vitória já estava garantida, assim como a presença do Peixe no G-4 por mais uma rodada.

 

Caju deverá substituir Zeca durante a Olimpíada, Yuri é o principal candidato à vaga de Thiago Maia e Copete é o homem certo para a posição de Gabigol. Dentre essas três mudanças forçadas, só na lateral esquerda o Santos terá uma queda acentuada de qualidade.

Resta saber, porém, se o entrosamento continuará sendo o mesmo. Vale ressaltar que, durante a Olimpíada, todo o lado esquerdo do Santos estará modificado, já que é por ali que Thiago Maia costuma se infiltrar e Vitor Bueno deve ser deslocado para a vaga de Gabigol na direita, com Copete entrando na esquerda.

Como sobreviver a tantas mudanças forçadas? Com trabalho e boas peças de reposição. O torcedor santista tem motivos para não ficar refém de suas estrelas e acreditar nos seus coadjuvantes. Mas, claro, não custa nada torcer para que o trio olímpico volte rápido, e que a janela de transferências se feche sem prejuízo para a equipe.

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Palmeiras volta a ter time feminino depois de 9 anos

Publicado

Repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações da preparação do Verdão para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14); ouça na íntegra
Começa neste sábado (16) a sétima edição do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. E a Rádio Nacional traz uma série de matérias sobre a principal competição do futebol feminino no país. A terceira reportagem fala do Palmeiras e dos seus reforços para disputar a competição além do projeto da diretoria para a modalidade. O repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações do Verdão dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14).

Ouça no player abaixo:

O Palmeiras retorna ao feminino após nove anos. O time vai jogar em Vinhedo, cidade parceira do versão nesta edição.

A equipe foi apresentada em meados de fevereiro e é comandada pela treinadora Ana Lúcia Gonçalves.

O No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919. Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.
Tags: Palmeiras Futebol Feminino Brasileirão Feminino

Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana