Connect with us

Por 6 votos a 0, a velocista Ana Claudia Lemos foi punida com cinco meses de suspensão por testado positivo para a substância Oxandrolona em teste realizado em período fora de competição pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) em fevereiro deste ano.

A punição será retroativa a 3 de fevereiro. Com isso, ela está liberada para participar dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro – estará liberada a partir de 3 de julho, enquanto a disputa do atletismo na Rio 2016 começará no dia 12 de agosto.

“É a primeira vez que temos uma decisão unânime no STJD nestes casos. A defesa da atleta provou que houve contaminação e que a quantificação da substância encontrada é mínima. Podem me perguntar então por que ela não foi absolvida? Porque ela é uma atleta olímpica e é responsável por tudo o que consome”, comentou o presidente do STJD, Gustavo Normanton Delbin. “Ela tem de pagar um preço por sua negligência.”

No entanto, ainda cabe recurso, tanto para a atleta, como para a IAAF e para a ABCD. Na saída da Federação Paulista, aliás, o presidente da ABCD, Marco Aurélio Klein, informou que irá recorrer a Corte Arbitral do Esporte (CAS), pedindo o agravamento da pena.

Leia mais:   Magistrado cacerense José Lindote é escolhido juiz-membro titular do TRE-MT

Ele participou do julgamento com ouvinte, mas a ABCD teve dois outros representantes Cristiane Caldas e Luiz Gabriel Horta.

Marcelo Franklin, do escritório Franklin Advogados, fez a defesa de Ana Cláudia. “Queríamos a absolvição da nossa cliente porque mostramos provas concretas que ela não cometeu nenhum ato ilícito. Lamentamos a decisão de cinco meses de suspensão, mas achamos que ela pode voltar a treinar e se preparar para representar o Brasil na Olimpíada do Rio”, disse o advogado, que se prontificou a recorrer também ao CAS.

Participaram do julgamento o procurador Caio Medauar, o vice-presidente do STJD Amadeu Armentano, a relatora Fernanda Bazanelli Bini e e os auditores Antonio Carlos Pereira, Marcos André Franco Montoro e Pedro Alberto Campbell Alquéres.

Fonte: Espn

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Magistrado cacerense José Lindote é escolhido juiz-membro titular do TRE-MT

Published

on

Assessoria

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) escolheu o magistrado José Luiz Leite Lindote, titular da Primeira Vara Especializada da Fazenda Pública da Comarca de Várzea Grande (Vara da Saúde Pública), para exercer o cargo de juiz-membro titular do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), na categoria juiz de direito, para o biênio 2022-2024.

A eleição foi realizada na quinta-feira (23) pelos desembargadores que compõem o Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça. Lindote assumirá a vaga atualmente ocupada pelo magistrado Gilberto Lopes Bussiki, que deixará o cargo no dia 16 de julho próximo. Cada juiz-membro é eleito para um biênio, sendo proibida a recondução após dois biênios consecutivos.

 

Comentários Facebook
Leia mais:   Magistrado cacerense José Lindote é escolhido juiz-membro titular do TRE-MT
Continue Reading

Cáceres e Região

Prefeitura anuncia abertura das inscrições para provas de pesca do 39º FIPE

Published

on

Assesoria – Esdras Crepaldi

A prefeitura de Cáceres anunciou na tarde desta terça-feira (21), que já estão abertas as inscrições para as provas de pesca do 39º FIPE, que será realizado no município de 13 a 17 de julho. Após dois anos sem ser realizado, o Festival Internacional de Pesca Esportiva  de Cáceres promete grandes emoções.

Nesta edição serão quatro categorias, três oficiais, a pesca motorizada, pesca de canoa e a pesca infanto-juvenil (6 a 12 anos), e uma experimental, a pesca de caiaque, como prova de exibição. A partir  do próximo ano, esta modalidade entra na  competição oficial.

Segundo o secretário de Turismo Cláudio Henrique Donatoni, as inscrições podem ser feitas a partir desta terça-feira (21) pelo site www.fipe.caceres.mt.gov.br ou presenciais na sala de conveniência da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, em horário de expediente.

Com relação aos valores da inscrição por modalidades, Cláudio Henrique divulgou que a categoria infanto-juvenil será isenta da cobrança de taxa. “

Já a categoria de canoa o valor por equipe está estipulado em R$ 400 reais e a pesca motorizada R$ 500 reais por equipe participante. Os kits serão entregues a partir do dia 11/07, na Secretaria de Turismo”, informou Donatoni.

Leia mais:   Magistrado cacerense José Lindote é escolhido juiz-membro titular do TRE-MT

O secretário ainda informou que a pesca de caiaque será organizada pela associação de caiaqueiros de Cáceres, inclusive as inscrições para a pesca. “Venham participar deste grande evento, façam suas inscrições serão mais de R$ 400 mil reais em prêmios. Este é um evento que  promove  o incremento do Turismo e a educação ambiental”, concluiu Claúdio Henrique.

Esdras Crepaldi

Outras

Comentários Facebook
Continue Reading

Mais Lidas da Semana