conecte-se conosco


Mato Grosso

Alunos de escola plena aprendem conteúdo preparando prato típicos brasileiros

Publicado

Alunos da Escola Plena Daury Riva localizada no município de Juara (a 709 quilômetros a médio-norte participaram neste semestre da disciplina eletiva “cozinha contemporânea brasileira”, um trabalho interdisciplinar envolvendo conhecimentos de língua portuguesa, história, ciências e protagonismo estudantil.

Além de flexibilizar o currículo, abrindo aos estudantes um leque de opções em variadas áreas do conhecimento, as disciplinas eletivas visam aprofundar os estudos e permitir que os estudantes exercitem seus direitos de escolha de forma inteligente, desde o Ensino Médio.

Segundo o diretor Dirlei Perin, as aulas foram desenvolvidas de forma prática e teórica. Os alunos puderam aprender sobre gênero textual receita, reações físicas e químicas, contexto histórico, mercado de trabalho, empreendedorismo e marketing.

“Nas aulas práticas foram desenvolvidas receitas de pão de queijo, bolo no pote, torta quente e fria, espetinho de frios, cupcake, bolo de arroz, pizza doce e salgada dentre outras. Um cardápio variado”, explica.

No final do desenvolvimento da disciplina os alunos relataram que a aprendizagem durante a disciplina eletiva foi muito significativa, pois conseguiram reproduzir as receitas em casa. “Os alunos receberam elogios de familiares. Como consequência positiva, foram encorajados a desenvolver outros pratos e quem sabe até buscar profissionalização nesta área”, assinala Dirlei Perin.

Leia mais:   SES é notificada sobre três novas mortes por Covid-19 em MT

O foco da disciplina é compreender a gastronomia com enfoque na história e promover discussões sobre a culinária contemporânea brasileira através dos tempos. Com isso, consegue propiciar aos estudantes independência na cozinha.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Drone com celulares é abatido na Penitenciária Feminina de Cuiabá

Publicado

Um drone que transportava celulares foi abatido por policiais penais da Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, em Cuiabá, nesta quinta-feira (28.05). Por volta das 12h30, o agente em ronda pela passarela da torre avistou o equipamento sobrevoando a unidade e avisou a equipe de plantão.

Foi feita, então, uma vistoria no pátio atrás dos raios, onde os policiais penais encontraram uma linha de pesca com dois aparelhos celulares, um carregador, uma serra e um fone de ouvido. Ao puxar a linha, conseguiram derrubar o drone, que acabou caindo na rua que fica atrás da penitenciária.

Uma equipe já havia se deslocado à área externa com uma viatura e localizou o drone. Eles ainda realizaram buscas no local e no entorno, mas nenhum suspeito foi encontrado. O material apreendido foi encaminhado ao setor de Inteligência do Sistema Penitenciário para as providências que o caso requer.

Atualmente, a Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May possui 192 reeducandas.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:   Rotam prende quatro e apreende 482 comprimidos de ecstasy e mais de 400 notas falsas de real
Continue lendo

Mato Grosso

Premiados têm até segunda-feira para regularizar dados bancários

Publicado

Os sorteados no Programa Nota MT que ainda não receberam seus prêmios por alguma irregularidade têm prazo até segunda-feira (01.06) para fazer os ajustes. De acordo com a lei que criou o programa, o prazo para regularização e entrega dos prêmios expira em 90 dias

Ao todo a coordenação do programa detectou que 77 sorteados estão com dados bancários incorretos. Para que não percam a chance de receber, a Sefaz enviou e-mails e tentou ligar para os contribuintes que estão nessa situação.

Essa prorrogação de prazo foi feita pela Sefaz, juntamente com algumas no decreto 139, do dia 14 de junho de 2019, que instituiu o Programa Nota MT. As alterações estão contidas no decreto Nº 471/20, publicado na edição extra do Diário Oficial do Estado que circulou no dia 05 de maio de 2020.

Uma das alterações é justamente a chance de que os participantes premiados nos sorteios de julho a dezembro de 2019 (já vencidos), possam receber o prêmio.

Segundo José Humberto Holanda, coordenador do Programa Nota MT, as medidas previstas no Decreto 471, que alteram o regulamento do Nota MT, visam melhorias para todos, aprimoram o programa e beneficiam os usuários. “Esses ajustes são necessários e comprovam o nosso compromisso com a lisura e a evolução do Programa Nota MT”, aponta José Humberto Holanda.

Leia mais:   Empresa age de má-fé ao relacionar demissão com cancelamento de benefício irregular

Ainda de acordo com José Humberto, muitos participantes não informam os dados cadastrais corretamente, e finalizam o cadastro sem informação da conta bancária.  “Quem deixou de colocar a conta bancária ou não apresentou Certidão Negativa de Débito com o Fisco estadual, não terá a oportunidade de receber, conforme prevê o decreto nª139/2019”, explica o coordenador do Nota MT.

Após a primeira tentativa de pagamento, se ocorrer algum erro, o sistema identifica o problema, e notifica o ganhador pelo e-mail cadastrado, pelo aplicativo e também pelo portal do Nota MT.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana