conecte-se conosco


Mato Grosso

Alunos de escola estadual disputam desafio mundial de inovação nos EUA

Publicado

Cinco alunos do 2º ano do Curso Técnico de Informática da Escola Estadual Presidente Médici, em Cuiabá, foram vencedores da etapa nacional do “Desafio Tack Brasil + Inovation Camp 2019”, festival de inovação, tecnologia e criatividade realizado anualmente pela ID Cultural, uma das empresas de marketing cultural mais renomadas no país. O grupo desenvolveu a plataforma “FEAMM”, com informações sobre turismo voltado a pessoas com deficiência física. Como prêmio, a equipe vai participar da etapa mundial do desafio em Boston (EUA) na Brazilian Conference, marcada para início de abril de 2020.

O evento nos Estados Unidos é organizado por estudantes brasileiros da Harvard University e Massachusetts Institute Technology (MIT), as mais importantes universidades da área em todo o planeta. O resultado foi divulgado em teleconferência no Rio de Janeiro, no último sábado (30) à tarde.

Os alunos Mateus Ferreira da Silva, Enzo Castilho Ventura, Arthur Santiago Figueiredo, Matheus Torres de Brito e Fernando Massao Rother Mizuta, celebraram o resultado.

Para Enzo, no começo da divulgação do resultado, estava animado. Depois de anunciado o trabalho vencedor teve uma sensação inimaginável. “Foi demais. Nem sei o que falar. Só sei que o esforço de todos valeu e valeu muito”, comemora.

A mesma sensação teve o colega Matheus Torres ao ser informado do resultado. “Nossa. Foi demais. Demorou para cair a ficha. Não imaginei que chegaríamos tão longe, construir algo tão grande”, festeja.

“Olha, foi muita gritaria, emoção, muita felicidade, não só pela conquista em si, mas pelo que virá depois, aquilo que nos aguarda. Vamos para uma etapa mundial. E Isso não é pouco”, relata.

Leia mais:   Seduc fecha para atendimento nesta quinta-feira (04) e volta a atender na segunda-feira (08)

O colega deles, Matheus Ferreira explica que não tinha escutado o nome da equipe e que o vencedor era de Mato Grosso. Foram os colegar que o avisaram. “Foi legal porque na hora da apresentação, tinha muita coisa negativa. E vencemos. O Médici é uma escola estadual. Poxa, concorremos com escolas federais e particulares. Somos a única estadual. Isso é demais”, celebra. Como está em construção, o site não está liberado para consulta.       

Início

Arthur relata que teve a ideia ao se lembrar das pessoas que têm dificuldades em se locomover. A partir daí, os colegas acrescentaram mais informações e ao final surgiu a concepção de uma plataforma que, inicialmente, será um site com opções para desenvolver um aplicativo.

“O site mostra o roteiro turístico completo para Pessoas Com Deficiência (PCDs) em cidades de Mato Grosso, inicialmente em Chapada dos Guimarães. Depois trabalhamos Bonito (MS) e Pironópolis (GO) que são locais turísticos que dispõe de acessibilidade”, destaca Enzo Castilho.

A partir da escolha em trabalhar com o tema, os alunos pensaram numa plataforma de busca idêntica ao site “trivago”, que mostra os melhores preços de hotéis em várias operadoras, porém “ voltado para as PCDs, com uma gama enorme de informações. “Nas pesquisas que fizemos, descobrimos que temos 6,7% da população brasileira com algum tipo de deficiência, o que não é pouca gente. E descobrimos também que é um público muito grande que não é atendido”, observa Matheus Torres.

A partir de agora, os alunos vão selecionar outros pontos turísticos do interior do país – focando Mato Grosso – que são poucos conhecidos, mas que tem acessibilidade.

Leia mais:   Cadeia Pública de Jaciara entrega 200 máscaras de tecido ao Hospital de Câncer de Mato Grosso

Conforme a diretora Elina Padilha Fernandes, muito mais que vencer o Desafio Tack Brasil + Inovation Camp 2019, o feito trata-se de uma ação de empreendedorismo. “Os alunos têm muitas ideias, inúmeros planos. O que falta é uma assessoria, é organizar essas ideias. Fiquei muito orgulhosa ao ser informada de que os alunos do nosso colégio venceram um evento nacionalmente. Nossa, foi demais”, explica.

Etapas percorridas

Para chegar à fase final, os alunos iniciaram uma longa caminhada. A primeira etapa foi a participação na Feira do Conhecimento na própria escola. A Secretaria de Estado de Ciências e Tecnologia e Inovação (Seciteci) gostou dos trabalhos e sugeriu que fossem fazer um curso com a empresa Junior Achievement, uma organização de referência mundial em empreendedorismo.

“A Júnior nos forneceu 50 vagas para um curso intensivo de 12 horas no Pantanal Shopping. A equipe FEAMM saiu na frente e foi vencedora do desafio Tack Brasil, etapa local. A partir daí, foram mais duas etapas: regional Centro-Oeste e a Nacional. Foram só vitórias”, assinala a professora Alexandra Mazei Silva, que fez a ligação entre os alunos e a empresa Júnior.

De acordo com o professor de informática da EE Presidente Médici, Benedito Ribeiro, o evento em Boston será de dois dias de apresentação e cinco ou mais de eventos como palestras e outras atrações.

“Até lá, o grupo vai aperfeiçoar a plataforma e também fazer um intensivão de língua inglesa, como o evento é de brasileiros, em alguns momentos vão falar em nossa língua materna”, frisa.     

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Deputado diz que Governo mostra transparência com processo licitatório ao vivo

Publicado

O deputado estadual Wilson Santos destacou que a regulamentação da transmissão e gravação ao vivo dos processos licitatórios de todos os órgãos estaduais torna a gestão do governador Mauro Mendes um divisor de águas na transparência das ações públicas.

A medida foi regulamentada em maio pela Controladoria Geral do Estado (CGE-MT), por meio da Recomendação Técnica de Ouvidoria nº 1/2020, e consiste na transmissão ao vivo e gravação de processos licitatórios via internet, pelo canal de Youtube e pelo Portal Transparência do Estado.

“No governo Mauro Mendes todas as licitações serão gravadas e transmitidas ao vivo pela internet. Isso é um divisor de águas na transparência nos negócios públicos das licitações”, ressaltou o parlamentar, em entrevista ao programa Chamada Geral, da Mega FM, nesta quinta-feira (04.06).

Além disso, o deputado lembrou que essa é uma forma do cidadão acompanhar o movimento do dinheiro público, saber aonde está sendo realmente aplicado. “Qualquer cidadão, qualquer contribuinte poderá acompanhar todas as licitações, que movimentam R$ 20, R$ 21 bilhões por ano, no Estado”, pontuou.

Leia mais:   Cadeia Pública de Jaciara entrega 200 máscaras de tecido ao Hospital de Câncer de Mato Grosso

As gravações e transmissões ao vivo das sessões de licitação e disponibilização delas no Portal Transparência já é obrigação para todos os órgãos públicos do Estado desde janeiro de 2020. A proposta está prevista na Lei nº 10.851/2019, regulamentada pelo Decreto nº 186/2019.

Além disso, a CGE em sua recomendação técnica comunicou aos órgãos que os avisos das publicações de Editais de Licitação no Diário Oficial do Estado deverão conter e divulgar os links do canal de Youtube e do Portal Transparência do Estado.

A Controladoria também revelou que “caso haja suspensão, prorrogação, revogação, anulação ou cancelamento da licitação, a Secretaria Adjunta de Ouvidoria Geral e Transparência deverá ser comunicada pelo e-mail: ouvidoria@controladoria.mt.gov.br ou pelo sistema Fale Cidadão, para providências quanto ao Portal Transparência”.

O projeto de lei que deu origem a aplicação das gravações do processo licitatório é da autoria de Santos.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Campanha ‘Vem Ser Mais Solidário’ atende projeto Novo Sorriso

Publicado

O projeto ‘Um Novo Sorriso’, que atende famílias carentes dos bairros Videira e Terra Prometida, em Cuiabá, recebeu 60 cestas básicas da Campanha ‘Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus’.  As entregas foram realizadas pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT), com apoio da Polícia Militar e da Defesa Civil, na tarde desta quinta-feira (04.06). 

A ação do Governo do Estado é liderada de forma voluntária pela primeira-dama, Virginia Mendes e a campanha atende as famílias com a distribuição de cestas básicas compostas por arroz, feijão, macarrão, óleo, sal, açúcar, café, farinha de trigo, sardinha, extrato de tomate, além de materiais de limpeza e de higiene pessoal.

A secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, destaca que a campanha tem buscado alcançar, com soluções básicas, todas as famílias em situação de extrema vulnerabilidade social. “Estamos vivendo um momento atípico e que interfere diretamente na vida daqueles que são mais carentes”. 

O presidente do projeto, Pedro Leitão, que recebeu as doações, disse que a iniciativa traz visibilidade e incentiva a continuidade do trabalho desenvolvido com as famílias. “Toda ajuda é bem-vinda. Sabemos da necessidade de cada família. Entramos na casa delas e conhecemos a verdadeira realidade, principalmente neste período de pandemia. Agradeço a primeira-dama e secretária Rosamaria pelo carinho e apoio”.

Leia mais:   Governador anuncia nova prorrogação do prazo para pagamento do IPVA

A primeira-dama Virginia Mendes destacou que é extremamente importante ajudar os projetos sociais neste momento de pandemia do novo coronavírus. “A grande maioria das entidades vivem de doações e por conta da pandemia as ajudas reduziram muito. Estamos trabalhando bastante e nos esforçando muito para ajudar a um maior número possível de pessoas e minimizar o sofrimento destas famílias”, disse.

De acordo com a voluntária Juliana Medina, o projeto social atende as famílias carentes com atividades diversificadas realizadas todos os sábados, como a confraternização dos aniversariantes do mês, esportes e cursos de empreendedorismo para os pais, entre outros.

Além disso, são ofertadas aulas de reforço, aulas de dança, ballet, brincadeiras educativas, jogos, debates em grupo, relato de histórias bíblicas, além de artes marciais e o basquete de quadra.

Campanha

Até o momento, a campanha Vem Ser Mais Solidário já distribuiu mais de 50 mil cestas, em todos os 141 municípios. Só o Governo de Mato Grosso adquiriu com recursos próprios 50 mil cestas e as arrecadações seguem em ritmo acelerado para ampliar o número de pessoas beneficiadas em todo Mato Grosso.

Leia mais:   Projeto de confinamento de bovinos da Empaer atrai produtores que desejam investir na tecnologia

Se você quer ajudar com doações é possível procurar diretamente a Arena Pantanal ou se preferir poderá doar recursos diretamente na conta bancária especial, aberta exclusivamente para isso: Banco do Brasil, agência 3834-2, conta corrente número 1.042.810-0 (CNPJ 03.507.415/0009-00). Todas as doações serão revertidas para compra de cestas básicas.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana