conecte-se conosco


Mato Grosso

Alunos de escola estadual disputam desafio mundial de inovação nos EUA

Publicado

Cinco alunos do 2º ano do Curso Técnico de Informática da Escola Estadual Presidente Médici, em Cuiabá, foram vencedores da etapa nacional do “Desafio Tack Brasil + Inovation Camp 2019”, festival de inovação, tecnologia e criatividade realizado anualmente pela ID Cultural, uma das empresas de marketing cultural mais renomadas no país. O grupo desenvolveu a plataforma “FEAMM”, com informações sobre turismo voltado a pessoas com deficiência física. Como prêmio, a equipe vai participar da etapa mundial do desafio em Boston (EUA) na Brazilian Conference, marcada para início de abril de 2020.

O evento nos Estados Unidos é organizado por estudantes brasileiros da Harvard University e Massachusetts Institute Technology (MIT), as mais importantes universidades da área em todo o planeta. O resultado foi divulgado em teleconferência no Rio de Janeiro, no último sábado (30) à tarde.

Os alunos Mateus Ferreira da Silva, Enzo Castilho Ventura, Arthur Santiago Figueiredo, Matheus Torres de Brito e Fernando Massao Rother Mizuta, celebraram o resultado.

Para Enzo, no começo da divulgação do resultado, estava animado. Depois de anunciado o trabalho vencedor teve uma sensação inimaginável. “Foi demais. Nem sei o que falar. Só sei que o esforço de todos valeu e valeu muito”, comemora.

A mesma sensação teve o colega Matheus Torres ao ser informado do resultado. “Nossa. Foi demais. Demorou para cair a ficha. Não imaginei que chegaríamos tão longe, construir algo tão grande”, festeja.

“Olha, foi muita gritaria, emoção, muita felicidade, não só pela conquista em si, mas pelo que virá depois, aquilo que nos aguarda. Vamos para uma etapa mundial. E Isso não é pouco”, relata.

Leia mais:   Alunos indígenas mostram resultado de pesquisa sobre a própria etnia

O colega deles, Matheus Ferreira explica que não tinha escutado o nome da equipe e que o vencedor era de Mato Grosso. Foram os colegar que o avisaram. “Foi legal porque na hora da apresentação, tinha muita coisa negativa. E vencemos. O Médici é uma escola estadual. Poxa, concorremos com escolas federais e particulares. Somos a única estadual. Isso é demais”, celebra. Como está em construção, o site não está liberado para consulta.       

Início

Arthur relata que teve a ideia ao se lembrar das pessoas que têm dificuldades em se locomover. A partir daí, os colegas acrescentaram mais informações e ao final surgiu a concepção de uma plataforma que, inicialmente, será um site com opções para desenvolver um aplicativo.

“O site mostra o roteiro turístico completo para Pessoas Com Deficiência (PCDs) em cidades de Mato Grosso, inicialmente em Chapada dos Guimarães. Depois trabalhamos Bonito (MS) e Pironópolis (GO) que são locais turísticos que dispõe de acessibilidade”, destaca Enzo Castilho.

A partir da escolha em trabalhar com o tema, os alunos pensaram numa plataforma de busca idêntica ao site “trivago”, que mostra os melhores preços de hotéis em várias operadoras, porém “ voltado para as PCDs, com uma gama enorme de informações. “Nas pesquisas que fizemos, descobrimos que temos 6,7% da população brasileira com algum tipo de deficiência, o que não é pouca gente. E descobrimos também que é um público muito grande que não é atendido”, observa Matheus Torres.

A partir de agora, os alunos vão selecionar outros pontos turísticos do interior do país – focando Mato Grosso – que são poucos conhecidos, mas que tem acessibilidade.

Leia mais:   Governo repassa R$ 7,1 milhões aos municípios de Mato Grosso

Conforme a diretora Elina Padilha Fernandes, muito mais que vencer o Desafio Tack Brasil + Inovation Camp 2019, o feito trata-se de uma ação de empreendedorismo. “Os alunos têm muitas ideias, inúmeros planos. O que falta é uma assessoria, é organizar essas ideias. Fiquei muito orgulhosa ao ser informada de que os alunos do nosso colégio venceram um evento nacionalmente. Nossa, foi demais”, explica.

Etapas percorridas

Para chegar à fase final, os alunos iniciaram uma longa caminhada. A primeira etapa foi a participação na Feira do Conhecimento na própria escola. A Secretaria de Estado de Ciências e Tecnologia e Inovação (Seciteci) gostou dos trabalhos e sugeriu que fossem fazer um curso com a empresa Junior Achievement, uma organização de referência mundial em empreendedorismo.

“A Júnior nos forneceu 50 vagas para um curso intensivo de 12 horas no Pantanal Shopping. A equipe FEAMM saiu na frente e foi vencedora do desafio Tack Brasil, etapa local. A partir daí, foram mais duas etapas: regional Centro-Oeste e a Nacional. Foram só vitórias”, assinala a professora Alexandra Mazei Silva, que fez a ligação entre os alunos e a empresa Júnior.

De acordo com o professor de informática da EE Presidente Médici, Benedito Ribeiro, o evento em Boston será de dois dias de apresentação e cinco ou mais de eventos como palestras e outras atrações.

“Até lá, o grupo vai aperfeiçoar a plataforma e também fazer um intensivão de língua inglesa, como o evento é de brasileiros, em alguns momentos vão falar em nossa língua materna”, frisa.     

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Operações integradas prendem 708 autores de delitos criminais em Mato Grosso

Publicado

As forças de segurança deflagraram, no período de janeiro a novembro deste ano 88 operações integradas, que resultaram na prisão em flagrante de 708 autores de vários delitos criminais, a exemplo de homicídio, roubo, furto e tráfico de drogas. As ações repressivas foram realizadas nas 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps) e contemplaram os 141 municípios de Mato Grosso.

Nos 11 meses foram cumpridos 261 mandados de prisões, internação cautelar e prisão temporária e 409 mandados de busca e apreensões, que resultou em 915 pessoas conduzidas e presas. Ao todo, 153 armas de fogo foram apreendidas, 219 veículos foram recuperados e realizadas 385 atividades periciais diversas.

Já com o foco no trabalho preventivo durante as operações, o Corpo de Bombeiros Militar fiscalizou 652 estabelecimentos comerciais para constatar a legalização do alvará de funcionamento.

O secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Victor Paulo Fortes, destaca que as ações conjuntas resultaram na redução dos principais índices criminais no Estado: homicídio, roubo e furto.

“Temos deflagrado operações não só nos municípios de Cuiabá e Várzea Grande, mas também em outras Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp’s), que abrangem as 141 cidades. Nosso foco tem sido trabalhar em frentes ostensivas e repressivas para impedir o avanço da criminalidade. Ressalto ainda que cada instituição que compõe o sistema de segurança pública tem se dedicado para melhorar os índices criminais, seja atuando na parte ostensiva, de investigação ou perícia e estas ações diárias refletem na queda nos registros nos crimes contra a vida e patrimoniais”, ressalta.

Leia mais:   Governo entrega 23 km da MT-020 na região de Água Fria com acesso a Manso

Fazem parte das forças de segurança a Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Politec, Detran, Sistema Penitenciário e Socioeducativo.

Operação Sonora II

Ainda segundo o secretário, novas ações integradas serão deflagradas em dezembro. Uma das operações integradas desencadeada neste mês foi a “Sonora II”, que aconteceu no último final de semana (07.12) no município de Várzea Grande e culminou na interdição de um estabelecimento comercial por som alto.

Na operação, 27 estabelecimentos comerciais foram vistoriados e resultou na autuação de quatro pontos comerciais pelo Corpo de Bombeiros Militar. Também durante a ação, a Vigilância Sanitária notificou quatro estabelecimentos e outras infrações foram contabilizadas pelo órgão municipal de Meio Ambiente (01) e Gestão Fazendária (01).

 Além das forças de segurança, fizeram parte da “Operação Sonora II”, profissionais do Conselho Tutelar, Guarda Municipal de Várzea Grande, Meio Ambiente, Vigilância Sanitária, e Gestão Fazendária.

Redução criminalidade

Mato Grosso reduziu 14% os crimes contra a vida no período de janeiro a outubro deste ano. Nos primeiros dez meses foram 678 mortes, contra 785 no ano passado. Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (Ceac). O levantamento é com base nos Boletins de Ocorrências (BOs) registrados nos 141 municípios.

Leia mais:   Governo repassa R$ 7,1 milhões aos municípios de Mato Grosso

Ainda no período, o Estado apresentou queda de 27% no roubo e 13% em furto. Em 2019 foram contabilizadas 11.606 ocorrências de roubo (quando há violência) e em 2018 o total foi de 15.804 casos. Já os crimes de furto atingiram 36.351 registros neste ano contra 41.569 em 2018.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Jogos Abertos Mato-Grossenses começam nesta quinta-feira (12)

Publicado

De 12 a 15 de dezembro, seleções municipais com atletas de todas as idades voltam a vivenciar a emoção de participar dos Jogos Abertos Mato-grossenses.  A abertura do evento será nesta quinta-feira (12.12) no Ginásio Poliesportivo Aecim Tocantins, em Cuiabá, às 20h.

Havia cinco anos que a competição não era realizada no Estado e seu retorno, em 2019, mobilizou seleções de 18 municípios: Rondonópolis, Lucas do Rio Verde, Canarana, Santo Antônio de Leverger, Cáceres, Cuiabá, Cotriguaçú, Pontes e Lacerda, Rosário Oeste, São José do Povo, Campo Verde, Alto Garças, Várzea Grande, Poconé, Primavera do Leste, Pedra Preta, Araputanga e Sinop. 

Disputados pela categoria adulta, os Jogos contam com equipes masculinas e femininas de basquete, futsal, handebol e vôlei. Estão inscritas 74 equipes divididas por modalidade e naipe, totalizando mais de um mil pessoas nas delegações, incluindo técnicos, dirigentes e atletas.

As partidas serão realizadas nos dias 13, 14 e 15 de dezembro, sempre a partir das 7h30, nos  ginásios dos bairros Quilombo e Lixeira, no Complexo Esportivo Dom Aquino, e ainda nos ginásios do ICE, Verdinho e Aecim Tocantins.

Leia mais:   No dia de combate à corrupção, controlador-geral propõe criação de laboratório de controle

Realizados pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), os Jogos Abertos Mato-grossenses contam com o apoio do Instituto Cuiabano de Educação (ICE), que possibilitou um alojamento único para todos os atletas do interior.

Congresso Técnico

Como parte da programação, representantes das delegações devem se reunir no congresso técnico antes da abertura oficial dos Jogos. 

A reunião ocorrerá na quinta-feira (12.12), às 15h, no auditório do ICE, e tem como objetivo fazer a homologação das inscrições e o sorteio para composição de chaves de disputas, além da apresentação do comitê dirigente.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana