conecte-se conosco


Policial

Ação conjunta prende sete membros de facção com drogas e armas de fogo em Alta Floresta

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Sete integrantes de facção criminosa foram presos em flagrante com grande quantidade de entorpecentes e também com armas de fogo em uma ação conjunta deflagada pela Polícia Civil e Polícia Militar, na segunda-feira (23.03), em Alta Floresta (803 km ao Norte de Cuiabá).

A prisão dos suspeitos e apreensão dos produtos ilícitos aconteceu em uma chácara próximo a estação de tratamento de esgoto da cidade, com base em investigações da Polícia Civil e verificação de denúncia recebidas pela inteligência da Polícia Militar.

O trabalho foi realizado pela equipe da Força Tática com apoio da Agência Regional de Inteligência 9º Comando Regional e Divisão de Repressão a Entorpecentes da Polícia Civil de Alta Floresta.

As diligências iniciaram na segunda-feira (23), quando as equipes receberam informações de que os traficantes estavam com grande quantidade de entorpecente na propriedade. Nas primeiras buscas na residência, os policiais encontraram duas bolsas que aparentavam ter sido utilizadas para transportar entorpecentes, porém na casa foi encontrada apenas uma porção de maconha.

Leia mais:   Suspeito de furto de peças de caminhões em Sapezal tem prisão cumprida em VG

Os policiais seguiram para a casa de outra integrante do grupo que confessou ter ido a Cuiabá para buscar a droga que seria comercializada em Alta Floresta. Em continuidade as diligências, nesta terça-feira (24), as equipes retornaram a chácara, ocasião em que foi realizada a prisão de mais um casal.

Em buscas no local, foi apreendida uma bolsa vários tabletes de maconha e de pasta base de cocaína, além de duas balanças de precisão. Questionados, os suspeitos revelaram que a droga seria entregue para um terceiro que posteriormente foi preso no bairro Industrial.

Durante os trabalhos, os policiais descobriram que um dos detidos estava envolvido com a venda de armas, sendo posteriormente identificado mais dois integrantes da facção criminosa, todos envolvidos com as atividades ilícitas. Em buscas na residência de um dos suspeitos, foi apreendida três armas de fogo e diversos cartuchos deflagrados.

Todos os sete detidos foram conduzidos a Delegacia de Alta Floresta, onde após serem interrogados pelo delegado Vinícius de Assis Nazário foram autuados em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Leia mais:   Polícia Civil prende dois empresários por suspeita de uso de documento falso em Água Boa

“Foi um trabalho articulado que uniu investigação e apuração de denúncias para identificar e prender integrantes desta facção criminosa que vem atuando com o tráfico de drogas e outros crimes no município”, disse o delegado.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Suspeito de furto de peças de caminhões em Sapezal tem prisão cumprida em VG

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito de furtar peças de caminhões foi preso nesta terça-feira (07.04), em Várzea Grande, em cumprimento a um mandado expedido pela Justiça de Sapezal (480 km a noroeste de Cuiabá).

A prisão foi cumprida por equipes da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande, em apoio à Delegacia da Polícia Civil de Sapezal.

De acordo com as investigações, o suspeito, junto com outra que se encontra presa, teria realizado diversos furtos em Sapezal na madrugada do dia 14 de fevereiro deste ano. Com base nas apurações foi representada pela prisão preventiva de ambos, decretada pelo Juízo da Comarca local.

As investigações prosseguem pela Delegacia de Sapezal para identificar se os suspeitos praticaram outros furtos de peças automotivas na cidade.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Leia mais:   Polícia Civil prende dois empresários por suspeita de uso de documento falso em Água Boa
Continue lendo

Policial

Senasp cria manual de recomendações para profissionais de segurança

Publicado

Assessoria | Polícia Civil-MT

O ministério da Justiça e Segurança Pública, através da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), publicou o Manual de Ações para Ocorrências de Atendimento em Casos Suspeitos de Covid-19. O documento visa passar recomendações sobre a atuação dos profissionais de segurança diante de ocorrências em que haja suspeita do novo coronavírus.

O material desenvolvido pela Senasp tem o objetivo de padronizar e estabelecer diretrizes a todas as Unidades da Federação neste momento de pandemia e busca com a medida facilitar o acesso dos profissionais de Segurança Pública às orientações quanto à abordagem e utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s)

O direcionamento às instituições de Segurança Pública tem como base procedimentos estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela Agência Nacional de Vigilãncia Sanitária (Anvisa). O manual também foi desenvolvido com a consultoria de profissionais da saúde e do Corpo de Bombeiros Militar.

Entre as recomendações previstas estão orientações gerais de biossegurança e etiquetas de higiene que devem ser observadas; cuidado com as informações da Internet; orientações às equipes das unidades de atendimento pré-hospitalar móvel – autocuidado e cuidados com os pacientes; procedimentos policiais no atendimento de pessoas com sintomas de Covid-19; Procedimentos policiais ao receber acionamento para atuar em descumprimento de medida sanitária preventiva; Abordagem, prisão/condução de pessoas durante período de grande propagação do vírus; e erros a serem evitados.

Leia mais:   Suspeito de matar companheira é autuado por homicídio com qualificadora em feminicídio

O manual traz ainda respostas das dúvidas mais frequentes na atuação dos profissionais de Segurança Pública.

Confira aqui o Manual de Ações para Ocorrências de Atendimento em Casos Suspeitos de Covid-19.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana