conecte-se conosco


Mato Grosso

Acadêmicos da Unic conhecem a sede da Sefaz

Publicado

Acadêmicos dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, da Universidade de Cuiabá (Unic), do campus Beira Rio, visitaram a sede da Secretaria de Fazenda (Sefaz), em Cuiabá. Acompanhados do professor e também servidor da pasta, Emanuel Daubian, os estudantes conheceram um pouco da história da pasta fazendária e aprenderam sobre finanças públicas, cidadania fiscal e combate à sonegação.

A atividade foi organizada e coordenada pelo Programa de Cidadania Fiscal de Mato Grosso e reuniu acadêmicos do 3º semestre dos cursos de Administração e Ciências Contábeis.

Durante a visita, os alunos assistiram uma palestra sobre educação fiscal, onde foram apresentados os papéis dos tributos estaduais e a importância do controle dos gastos públicos O Programa Nota MT também foi apresentado aos acadêmicos que puderam tirar dúvidas sobre a emissão dos documentos fiscais e o porquê de pedir a nota fiscal.

Além da palestra, eles participaram de um bate papo com o secretário adjunto de Receita Pública, Fábio Pimenta. “É uma ação importante, pois é por meio da educação fiscal que conseguimos ampliar nos cidadãos a compreensão de que os tributos possuem um função fundamental para a sociedade”, afirma o ajunto de Receita Púbica, Fábio Pimenta. Em sua fala, o gestor explicou aos acadêmicos as atribuições da Sefaz e as principais ações desempenhadas ao longo de 2019.

Leia mais:   Governo do Estado abre Arena Pantanal para torcida acompanhar final da Libertadores

O professor de Legislação Tributária e servidor da Sefaz, Emanuel Daubian, afirmou que sempre contou com a parceria do Programa de Cidadania Fiscal, levando os servidores fazendários até às salas de aulas para que conversem com os alunos sobre a administração tributária.

“Essa é a primeira vez que trouxemos uma turma até a Sefaz para conhecer como funciona a administração tributária. É sempre positivo para eles tenham uma outra visão sobre os tributos. Quando você vai dar a aula da disciplina a primeira coisa que falam é que não querem pagar imposto, e no final revertermos esse pensamento mostrando que todo tributo retorna a sociedade em forma de ações de saúde, educação, segurança pública”.

Para o coordenador do Programa de Cidadania Fiscal de Mato Grosso, José Humberto Holanda, a educação fiscal é essencial para a conscientização social sobre a importância do papel dos tributos para uma sociedade mais justa e solidária.

“Queremos mostrar o trabalho que a Sefaz exerce dentro da sociedade, sua importância para o Estado. É muito importante que a gente dissemine as informações para que cada pessoa seja formadora de opinião, mostrando para a sociedade a importância que os tributos têm”.

Leia mais:   Diagnóstico e tratamento precoce do câncer de próstata garantem 95% de cura

De acordo com ele, muito além de conhecer a importância social dos impostos, é fundamental que os cidadãos acompanhem os gastos públicos. “É preciso acompanhar, olhar os canais de transparência, participar de audiência públicas isso que é fazer o controle social e que queremos que todos façam”, afirma José Humberto.

Programa Cidadania Fiscal

Instituído em 2015, o Programa Cidadania Fiscal de Mato Grosso tem como principais objetivos: inserir a educação fiscal no planejamento escolar; mobilizar e sensibilizar os gestores públicos para a melhoria da transparência do serviço público; sensibilizar os servidores quanto aos princípios básicos da administração pública e sua relação na melhoria da qualidade de vida da sociedade; disseminar dados e informações sobre a transparência na administração pública; incentivar o cidadão a exercer a cidadania fiscal, mediante o controle social do gasto público; além de incentivar o comprometimento do cidadão no processo de planejamento das ações de governo.

Junto com o Programa foi instituído também o Grupo de Educação Fiscal do Estado (GEFE/MT), coordenado pela Secretaria de Fazenda (Sefaz). O Grupo é responsável por desenvolver as ações da Cidadania Fiscal no Estado.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Temos que dar o exemplo e criar oportunidades para esses jovens, afirma governador

Publicado

O governador Mauro Mendes defendeu ser necessário que as instituições públicas possam dar o exemplo no que diz respeito a oportunizar espaço para aprendizagem profissional de jovens e adolescentes egressos do sistema socioeducativo.

Para o governador, é com o exemplo que será possível fazer com que mais empresas participem do programa de aprendizagem profissional e cumpram o que é exigido em lei, que prevê um percentual das contratações voltado a este público.

Mauro Mendes, que participou da abertura do painel “Política de Aprendizagem” na tarde desta terça-feira (12.11), no Tribunal de Justiça de Mato Grosso, afirmou que a união de forças dos poderes e instituições, além das federações, é fundamental para que os jovens possam ser inseridos no mercado de trabalho e, assim, consequentemente, trilharem o futuro.

“Esse trabalho é fundamental e tem que ser feito a quatro mãos por todas as instituições envolvidas, os poderes, as associações, federações e o setor produtivo. O Governo do Estado pretende dar o exemplo, buscando dentro das  nossas secretarias e dos nossos órgãos criar essas oportunidades. E, a partir daí, cobrarmos da iniciativa privada para que também coopere e colabore, para que possamos através da educação profissional dar oportunidades e criar uma alternativa para esses jovens”, destacou.

Leia mais:   Governo do Estado abre Arena Pantanal para torcida acompanhar final da Libertadores

O presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Carlos Alberto Alves da Rocha, ressaltou que o encontro é fundamental para que o setor empresarial se envolva na causa e possa obter informações mais precisas sobre como proceder para empregar um menor e “ajudá-lo em seu crescimento”.

“Nós temos dito sempre que o jovem é o futuro da nação, chegou a hora e o futuro está aí. Nós devemos encaminhá-los da forma mais adequada possível e a sociedade tem esse dever também”, disse.

Para a presidente do Tribunal Regional do Trabalho, desembargadora Eliney Veloso, a aprendizagem é um “mundo novo e cabe a nós promovermos a transformação desses jovens”. 

“Colocá-los no mercado de trabalho é tirá-los do risco e de péssimas influências do mundo da criminalidade”, pontuou, defendendo ainda que o empresário precisa “se sensibilizar para o cumprimento da cota exigida na lei, pois a legislação tem uma finalidade, a de transformar a vida dos jovens”.

O evento também contou com a participação da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio), da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e da Superintendência Regional do Trabalho de Mato Grosso.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Inscrições para processo seletivo da Escola do Corpo de Bombeiros terminam na quinta-feira (14.11)

Publicado

A Escola Militar do Corpo de Bombeiros Militar Dom Pedro II encerra nesta quinta-feira (14.11) as inscrições para o seu processo seletivo. Os estudantes de Alta Floresta ou das cidades vizinhas podem se candidatar às vagas disponíveis acessando o edital do processo seletivo que está no site do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso.

Os responsáveis pelos candidatos devem se dirigir à Escola Dom Pedro II com os documentos necessários (RG ou certidão de nascimento, foto 3×4, documento da escola anterior). As inscrições são para o 7º, 9º do fundamental e 1º ano do ensino médio.

As provas serão realizadas no domingo, 8 de dezembro, com limite de entrada às 7h40 da manhã. As provas serão compostas de 20 questões, 10 de Matemática e 10 de Língua Portuguesa. Os resultados serão divulgados no dia 13 de dezembro.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:   Governo do Estado abre Arena Pantanal para torcida acompanhar final da Libertadores
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana