A uma semana das eleições suplementares, para escolha do novo prefeito de Mirassol D´Oeste, que acontece no próximo domingo (19/11), a disputa está, praticamente, polarizada entre os candidatos Edvaldo Paiva (PSD) e Euclides Paixão (PP).  Ao todo, cinco candidatos estão na disputa. Além de Paiva e Paixão, concorrem ao cargo o advogado Marcel de Sá (PTB), o servidor público André Gimenes (DEM), e o ex-secretário municipal Gelson Miranda (PT).

O ex-prefeito Edvaldo Paiva se desponta com algum favoritismo por contar com apoio do ex-prefeito Elias Leal e mais 5 dos 9 vereadores. Porém, há quem diga que, o apoio de Leal pode se caracterizar como uma verdadeira “faca de dois gumes”. Tanto pode somar quanto tirar voto, em razão do seu desgaste político. Elias Leal se reelegeu nas eleições de 2016, mas foi cassado pela Justiça Eleitoral e não pode assumir o cargo.

Além disso, grande parte do eleitorado avalia a candidatura Paiva como “continuísmo” da administração do ex-prefeito Elias Leal.

Por outro lado, o vereador Euclides Paixão, vive o mesmo dilema. Ele tem como principal apoiador o deputado federal Ezequiel Fonseca.  Filmado com uma caixa de papelão recebendo dinheiro de propina, Ezequiel até na última sexta-feira, ainda não havia comparecido em Mirassol D´Oeste para pedir voto ao seu afilhado político. Esse apoio também pode somar ou tirar voto do candidato.

Embora, aparentemente, correndo por fora, os candidatos do PTB, Marcel de Sá, do DEM André Gimenes e do PT, Gelson Miranda, acreditam que podem surpreender.

Advogado, Marcel conta com apoio dos eleitores descontentes tanto do grupo de Edvaldo como de Euclides. Por ser ex-diretor do Serviço de Água e Esgoto de Mirassol D´Oeste e diretor do Presídio, André Gimenes aposta na amizade que fez com muitas pessoas que precisaram de seus serviços. Enquanto que o candidato petista Gelson Miranda, diz que terá apoio de grupos de assentamento de trabalhadores sem terra e demais segmentos petistas.

Analistas políticos do município avaliam, no entanto, que o ex-candidato do PMDB, doutor Jeferson  que concorreu com Elias Leal, nas últimas eleições e que obteve 6.121 votos contra 7.830 votos de Elias, pode ser o fiel da balança. “Do lado que ele pender se elege” afirmou um eleitor. Porém, até na sexta-feira, o ex-candidato não havia se manifestado interesse em apoiar nenhum dos candidatos.

O município de Mirassol D´Oeste, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) conta com 19.328 eleitores. As eleições serão comandadas pela juíza Edna Coutinho. Ainda conforme o TRE o pleito deve custar R$ 77,1 mil. Além de Mirassol D´Oeste, no próximo domingo haverá também eleições em Primavera do Leste. Lá os trabalhos serão conduzidos pelo juiz eleitoral Alexandre Pampado e custará R$ 119 mil.

A propaganda eleitoral no rádio e na televisão poderá ser veiculada até 16 de novembro, três dias antes das eleições. Nesta data também deve ser encerrada a propaganda política.

Sinezio Alcântara

Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here