conecte-se conosco


Mato Grosso

“A grande maioria das empresas inova por inovar”, afirma palestrante

Publicado

Durante palestra em Cuiabá, a engenheira civil que liderou o primeiro acelerador de startups construtech do Brasil, Gláucia Alves, afirmou, que a maioria das empresas acaba inovando sem saber ao certo se terão resultado efetivo com a ação. Segundo ela, muitas vezes, a empresa chama de inovação algo que não gera resultado e que, portanto, não pode ter essa denominação.  

“A grande maioria das empresas inova por inovar. O que vemos é que o termo “inovar” virou moda. Colocar puffs coloridos na empresa, por exemplo, não é inovação, pois não gera valor. Quando se mede o resultado da ação constata-se que não houve resultado e isso tira a credibilidade da palavra, do entendimento real do que deveria ser”, esclareceu ela, que atualmente é diretora de Inovação da Delloite Brasil.

Ela também mencionou que, no ranking mundial de inovadores, divulgado pelo Global Innovation Index 2018, o Brasil configura no 64º lugar, atrás de países como Chile, Colômbia, Uruguai, México e Costa Rica. A liderança mundial é da Suíça. O índice é formado a partir de dados de pesquisa, registro de marcas e patentes, capital humano e sofisticação de mercado, entre outros fatores. 

Leia mais:   PM recupera duas caminhonetes roubadas, prende dois e apreende defensivos agrícolas

“O Brasil é um mau inovador. Investe em inovação, mas não consegue gerar valor proporcional. Se a empresa não fomenta novas idéias, não fomenta experimentação e não entende que o erro faz parte do aprendizado, dificilmente terá uma cultura inovadora. O erro é necessário, pois se você não está errando, significa que não está inovando o suficiente”, acrescentou.

Para o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Nilton Borgato, que assistiu a palestra durante o evento ‘Building 19’, em Cuiabá, a inovação vai além da tecnologia e o governo do estado está empenhado em contribuir para estimular essa cultura no estado. Segundo ele, um dos principais investimentos do governo é a construção do Parque Tecnológico Mato Grosso.

“O empreendimento já é considerado o maior projeto estratégico para o desenvolvimento da inovação no Estado. Com o parque, as indústrias da inovação terão a possibilidade de nascer, crescer e agregar valor a outros setores econômicos. Queremos atrair empresas de base tecnológica, fomentar o empreendedorismo e a criação de startups”, afirmou ele. 

Durante o evento, o coordenador do Parque Tecnológico MT, Rogério Nunes, apresentou a palestra ‘Ambientes de Inovação’ e destacou que, para a projeção de uma ação inovadora, é necessário que ambientes de inovação sejam estruturados no estado. “Dessa forma, será possível contribuir para uma inovação verdadeiramente efetiva, que permita ao empreendedor inovar com propósito de alcançar resultados em sua empresa por meio da ciência, da tecnologia e da inovação”, garantiu.

Leia mais:   Seplag apresenta programa de atenção à saúde mental a gestores

BUILDING 19 

O evento, que encerrará amanhã (17), tem como objetivo discutir inovação, tecnologia e empreendedorismo nas cidades e na indústria da construção civil. Uma série de palestras com especialistas de todo o país estão sendo apresentadas, além de cases e soluções de inovação e tecnologia. 
 
Promovido pelo HCG, o evento conta com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Regional, Univag, Fiemt, Senai, Fenabrave, Archdaily, Deloitte, Trimble, CBCA e CEBIC.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

PM recupera duas caminhonetes roubadas, prende dois e apreende defensivos agrícolas

Publicado

Em  Sorriso, policiais da Força Tática e do 12º Batalhão de Polícia Militar prenderam dois suspeitos, recuperaram duas caminhonetes roubadas e apreenderam grande quantidade de agrotóxicos e defensivos em uma propriedade rural no Distrito de São Luiz Gonzaga, localizada na MT-404, a 75 quilômetros da sede do município.

Na fazenda ocorreu a prisão de J.D.R (25 anos) e a apreensão de dezenas de caixas de agrotóxico que teriam sido contrabandeadas do Paraguai, além das duas caminhonetes, uma modelo Fiat Toro e uma Chevrolet S10, uma com queixa de roubo e outra com o chassi adulterado. Lá também havia duas armas de fogo, um revólver calibre 22 e uma espingarda 28.  

Essa fazenda teria sido arrendada por E.S.G.(47), suspeito de ser o dono dos produtos apreendidos. Na casa dele, na cidade de Sorriso, os policiais prenderam a suspeita k.C.G.(20 anos), que seria sua filha, e apreenderam diversas caixas de defensivos agrícolas.

No caso da fazenda, os produtos apreendidos estavam em um galpão ao lado da moradia, local construído supostamente com a finalidade específica de armazenar defensivos e agrotóxicos.

Leia mais:   Empaer orienta agricultores no cultivo e manejo da bananeira com ênfase no controle de praga

Nessa ação, que aconteceu na sexta-feira (17), a PM utilizou drone para monitoramento da área onde ocorreriam as abordagens, exigiu trabalho de mais de 10 horas e empregou 9 policiais militares sob tenente-coronel Jorge Luiz de Almeida, comandante do 12º Batalhão.

E.S.G. (47), suposto arrendatário da fazenda e dono dos produtos apreendidos, ainda não foi preso.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

MTI e Detran restabelecem conexão com o Sistema Nacional de Gravames (SNG)

Publicado

A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) informa que, devido a problemas ocorridos na conectividade com os  servidores do Sistema Nacional de Gravames (SNG), em Brasília, o acesso aos dados cadastrais dos gravames financeiros no sistema do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran) ficou indisponível na tarde de sexta-feira (17).

Em razão disso, operações de veículos que dependiam do acesso ao SNG foram interrompidas por aproximadamente uma hora. A comunicação entre o sistema do Detran e os sistemas do SNG foi restabelecida às 16h20 do mesmo dia.

A equipe técnica da MTI, em conjunto com a equipe técnica do Detran, realizou todas as ações necessárias para assegurar que os serviços afetados no sistema do Detran fossem restabelecidos.

A MTI está atuando para prevenir novas indisponibilidades e oferecer o melhor serviço aos  usuários e servidores do Detran. Além disso, a MTI e o Detran vêm trabalhando conjuntamente em um Plano de Melhorias que está proporcionando maior acessibilidade, segurança e, principalmente, maior estabilidade nos serviços digitais prestados para o cidadão.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:   Seplag apresenta programa de atenção à saúde mental a gestores
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana