conecte-se conosco


Cáceres e Região

5 Motivos Incríveis para Você Baixar o Novo App Patrulha Cidadã

Publicado

Disponível para Android e IOS, o Patrulha Cidadã é um App social que visa ajudar na manutenção da segurança, infraestrutura e saúde pública e será lançado no dia 10/09/2019, às 10h na Prefeitura Municipal de Cáceres no gabinete do prefeito Francis Maris Cruz.

Você já conhece o Patrulha Cidadã? Um novo aplicativo que chegou para beneficiar, ajudar e fazer a diferença na vida das pessoas.  É uma ferramenta de cidadania, inclusiva, social, disruptiva e através dela, todas as pessoas poderão denunciar danos ao patrimônio público, focos de dengue, irregularidades no trânsito, infestações de caramujo, bocas de fumo,além de outras infrações e crimes.  Através de um cardápio de denúncias, você escolhe a qual usar.

Então, vamos te dar 5 motivos para você baixar e usar o App Patrulha Cidadã:

1- Suas denúncias chegarão as autoridades:Você ganhará vez e voz e poderá levar suas denúncias as autoridades responsáveis quebrando a vulnerabilidade diante de situações, em que antes, estaria indefeso ou sem condições de agir. Uma maneira de motivar e estimular as pessoas a fazerem sua parte.

Leia mais:   Diretores da CEF prestam informações sobre viabilidade de financiamento para projeto de esgoto sanitário em Cáceres

 2- Fácil de usar e não ocupa espaço no celular: Além de ser leve, com apenas 7,2MB, ele é muito simples de ser usado, por exemplo, se você ver um veículo parado em uma vaga de deficientes (sem identificação de PNE), irá clicar na aba denúncia de trânsito, fazer uma detalhada descrição da situação, colocar a localização GPS, fotografar e carregar a foto, salvar e enviar às autoridades responsáveis sem precisar falar com o dono do veículo ou se identificar. É rápido, fácil e muito simples, basta ter um smartfone com internet.

3 – Uma verdadeira arma de combate ao crime:Em todos os lugares sempre há um cidadão de bem que busca cooperar com as autoridades, e com o Patrulha Cidadã, as denúncias se tornam mais fáceis, simples e seguras. Além disso, qualquer pessoa com um celular, pode usar e fazer sua denuncia, que será enviada e investigada pelas autoridades competentes.

4- As denúncias são anônimas: Você jamais será identificado, ninguém saberá quem denunciou a não ser que você marque a opção autorizando. As autoridades irão receber apenas a foto do local, endereço e descrição da denúncia, por isso, é importante que você detalhe muito bem a ocorrência.

Leia mais:   PÓS-GRADUAÇÃO: Prova para primeiro mestrado indígena da Unemat acontece no domingo (20)

5 – Pioneiro no Mundo:O App será validado em Cáceres/Mato Grosso como plataforma de teste e depois, de um curto período, disponibilizado para outras cidades e países, criando uma corrente de segurança e cidadania. Já existem algo parecido, porém não com todos esses atributos.

Criado para somar com o dia a dia da população, empoderando e transformando o cidadão em um potencial fiscal da Lei e da ordem, representando para a sociedade mais segurança e bem-estar.  Para baixar o Patrulha Cidadã, é só acessar o Google Play ou Apple Store, clicar e instalar. É rápido, fácil e você pode se tornar um Patrulheiro Cidadão.

Instale agora mesmo no seu celular e use quando precisar.

Mais informações acesse: www.patrulhacidada.com.br

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Diretores da CEF prestam informações sobre viabilidade de financiamento para projeto de esgoto sanitário em Cáceres

Publicado

Editoria – Sinézio Alcântara

A importância e os benefícios para a população e a relevância para o meio ambiente, saúde e turismo com a implantação do projeto de coleta e tratamento do esgoto sanitário de Cáceres foram esclarecidos aos vereadores, por representantes da diretoria da Caixa Econômica Federal (CEF). O projeto, em análise de viabilidade, com possibilidade de aprovação pela CEF, foi encaminhado à Câmara Municipal para análise e votação. Os esclarecimentos desfizeram informações distorcidas levadas a população e aos próprios vereadores sobre o projeto.

Os esclarecimentos feitos pelo gerente de Sistema de Gestão de Governo da CEF, Ubiratan Alves e pelo engenheiro Marlon Martendal, desfizeram informações distorcidas sobre o projeto. Entre elas de que haveria aumento de 100% na tarifa da conta da água de imediato e que comprometeria a capacidade de endividamento do município.

O projeto será implantado em toda área urbana, contemplando todos os bairros da cidade. Será uma das maiores obras já realizadas, em benefício da população. O projeto consta de rede coletora, 29 Estações Elevatórias e a Estação de Tratamento de Esgoto que será construída na área do Distrito Industrial.  A diretoria da CEF já se manifestou com a possibilidade de aprovação, depende da autorização da Câmara Municipal e da revalidação do Ministério de Desenvolvimento Regional.

O investimento de R$ 129 milhões necessário para execução do projeto será financiado pela CEF com recursos do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS) a juro de 6% ao ano, mais 2.5% de custo financeiro da caixa. O prazo para pagamento será de 24 anos. Sendo quatro anos de carência para o início do pagamento e mais 20 anos para quitação total do empréstimo.

Leia mais:   Workshop marca encerramento do Senar Tec Leite em Pontes e Lacerda

A previsão de conclusão das obras é de quatro a cinco anos, Período em que iniciará a cobrança da taxa do esgoto. Em função do alto custo de tratamento, o valor será proporcional ao valor da tarifa de água; ou seja quem paga R$ 40 de tarifa de água mensal, estará pagando a mesma quantia de tarifa do esgoto. Aliás, taxa essa que é cobrada na maioria dos municípios brasileiros que dispões de coleta e tratamento de esgoto domiciliar.

A implantação desse projeto trará inúmeros benefícios, para o município e, consequentemente, para a população. O principal e mais importante, será a melhoria da saúde da população. Estudos realizados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) comprovam que, investimento de R$ 1 em saneamento básico economiza-se R$ 4 na saúde. A incidência de doenças como leptospirose, hepatite, dengue, Zica vírus, chikungunya e verminoses, serão reduzidas. Consequentemente reduzirá também a alta demanda de recursos públicos municipais para atender a população na área.

Outra questão significante será a melhoria da preservação e conservação do ecossistema pantaneiro. Com a execução do projeto a cidade se tornará mais atrativas, por ser considerada um polo turístico, devido ao sua localização geográfica privilegiada a margem do rio Paraguai, no berço do pantanal mato-grossense, considerado patrimônio mundial da humanidade.

Leia mais:   Prefeitura publica edital para processo seletivo para contratação de médicos

O esgoto que, atualmente, polui o rio Paraguai, despejado de forma criminosa, devido as ligações clandestinas na rede de drenagem, após a execução do projeto, só será despejado com o adequado tratamento, conforme as normas ambientais federais vigentes. Além disso, o restante dos esgotos domiciliares, estão contaminando o lençol freático em razão dos descartes em fossas sépticas e rusticas, onde muitas se tornam criadouros de mosquitos e propagadoras de doenças infecto contagiosas.

A melhoria na questão ambiental e nas obras estruturais, também irão proporcionar atrativos para empreendimentos imobiliários e empresas que demonstram interesses em se instalar no município.  Os custos estruturais de implantação desses empreendimentos, serão automaticamente, reduzidos. Com isso, proporcionando aumento de oferta de emprego e renda em todos os setores. Como por exemplo, postos de combustíveis, oficina mecânica, supermercado, hotéis, farmácias, entre outros.

Diretor da Autarquia Águas do Pantanal, Paulo Donizete Costa, assinala que o município tem consciência da grande responsabilidade em assumir o financiamento para a implantação do projeto. Porém, destaca que “se cada cidadão e representantes públicos não assumirem juntos esse compromisso, a tendência é que o município nunca irá chegar no padrão de qualidade de vida que todos desejamos” e que “essa é uma oportunidade única que a cidade está tendo” e que “a não concretização desse projeto pode significar um atraso irreversível como estamos a 240 anos desde a fundação da cidade”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Workshop marca encerramento do Senar Tec Leite em Pontes e Lacerda

Publicado

No próximo dia primeiro de novembro acontece em Pontes e Lacerda, o Workshop ATeG – Senar-MT. O evento será no parque de exposição, a partir das 8 horas e reunirá produtores de leite de toda a região. Um dos palestrantes será o superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Minas Gerais (Senar-MG), Christiano Nascif. Ele também é coordenador técnico do Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira – UFV e também do projeto Educampo.

Durante o evento será revelado o nome dos produtores que se destacaram em  2019 e também a “propriedade destaque” do Senar Tec Leite, no período de 2015 a 2019. Este é um programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT).

Pontes e Lacerda foi o primeiro município a receber o Senar Tec Leite que atendeu durante quatro anos, 120 produtores de leite. O workshop realizado no primeiro dia de novembro será o marco de encerramento do projeto na região. Nos últimos quatro anos os produtores da região receberam a visita mensal dos técnicos de campo do Senar-MT.

Leia mais:   Prefeitura publica edital para processo seletivo para contratação de médicos

Em 2019, mais de 20 municípios estão sendo atendidos pela ATeG, do Senar-MT. Além da cadeia produtiva do leite, a entidade também está desenvolvendo projetos para a pecuária de corte e para a cadeia produtiva da Horticultura.

A ideia é propiciar ao produtor as ferramentas necessárias para o gerenciamento correto da propriedade. Os técnicos do Senar-MT auxiliam os produtores de leite a entender o seu custo de produção e a ter um olhar diferenciado para várias atividades executadas dentro de uma propriedade rural.

Produzindo leite desde sempre, os irmãos Ildo, Ilton e Nilton Vicente Souza estão entre os 120 produtores atendidos pelo Senar Tec Leite.  “Depois de integrados neste programa passamos a ter uma visão mais ampla do negócio, ou seja, quando é para fazer um serviço maior nos unimos e trabalhamos juntos. Nós passamos a ver que a dificuldade de um é a de todos”, conta Ildo.

Além desta união que fortaleceu não só a relação dos irmãos, mas de toda a comunidade de Cerro Azul, em Pontes e Lacerda, o conhecimento, a troca de informação e a capacitação se tornaram elementos importantes no dia a dia dos produtores de leite que vivem na região. “Dias de Campo e treinamentos são primordiais para melhorarmos a qualidade do nosso produto e também a nossa renda”, acrescenta Ilton. Ele garante que capacitação de mão de obra é primordial em qualquer cadeia produtiva. “Mas na do leite é ainda mais importante porque nosso lucro é muito pequeno”.

Leia mais:   Diretores da CEF prestam informações sobre viabilidade de financiamento para projeto de esgoto sanitário em Cáceres

Já para Nilton, o Senar Tec Leite trouxe conhecimento. “A comida para o rebanho é a coisa mais importante na cadeia produtiva do leite. Este programa nos deu mais conhecimento sobre pastagens, genéticas e também nos orientou sobre a importância da higiene na sala de ordenha. Fomos nos adequando, melhorando e já conseguimos ver o resultado no rebanho e na qualidade do nosso produto. A ATeG é primordial para o sucesso do produtor de leite”.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Senar-MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana